8.2.10

Crises

Estamos a atravessar uma profunda crise de valores.

Como lembra o Sr. D. Manuel Clemente, quem tem encargos públicos tem uma maior responsabilidade de transparência, de honestidade e de exemplo.

Todos os dias surgem pequenos e grandes casos de corrupção, de injustiças, de mentira e de hipocrisia.

Esta é a consequência de anos e anos de promoção de ataques, deliberados e velados, à família. Esta crise de valores é a causa mais profunda da crise económica e social que vivemos. Os males só se resolvem quando se resolvem as suas causas.

Por isso, são de louvar iniciativas como esta.