23.7.07

A videira e os ramos

«Eu sou a videira verdadeira e o meu Pai é o agricultor. Ele corta todo o ramo que não dá fruto em mim e poda o que dá fruto, para que dê mais fruto ainda.» (Jo 15, 1-2)


"Nesta passagem do Evangelho, ó irmãos, na qual o Senhor diz que Ele é a videira e os seus discípulos são os ramos, di-lo enquanto Ele, Cristo Jesus, mediador entre Deus e os homens, é Cabeça da Igreja e nós os seus membros. A videira e os ramos, de facto, são da mesma natureza; por isso, sendo Ele Deus, e não sendo nós da mesma natureza, encarnou para que, n'Ele, a natureza humana se tornasse na videira, para que nós homens pudessemos ser os ramos."
Sto. Agostinho, In Joannis Evangelium tractatus, Sermo 80, 1