4.9.06

O regresso à normalidade

O regresso a casa correu bem, pois todos chegamos moídos, mas satisfeitos. Apesar das tentativas do Bernardo de deixar a própria bagagem no estrangeiro, a companhia aérea decidiu que não quer a mochila dele e por isso vai-lha entregar a casa.
É tempo de dar graças a Nosso Senhor por tudo ter corrido tão bem e de fazer sérios propósitos de mais generosidade.