18.4.06

Confundido

"Sinto-me confundido, Senhor:
Por ser pecador e perdoar,
Ser fraco e ajudar,
Ser pobre e espalhar felicidade;

Por ter dúvidas e ensinar certezas,
Ter tentações e santificar,
Viver numa encruzilhada e guiar;

Por ter chagas e guiar
Ter lágrimas amargas e consolar
Ter espinhos e espalhar suavidade;

Por sentir contradições e ensinar a verdade
Sentir o mundo e defender o espírito
Viver a solidão e congregar à minha volta
Por tudo isto, minha alma vos louva, Senhor"

Autor conhecido (eu é que não sei quem é)